Eletroforese

Aparelho de eletroforese
 
A eletroforese é uma técnica de separação de moléculas que consiste na migração de moléculas com carga, numa solução, em função da aplicação de um campo elétrico.

A velocidade da migração depende da força do campo aplicado, da carga, do tamanho e da forma das moléculas e também da força iônica, viscosidade e temperatura do meio, onde estas se movem. De um modo geral, no transporte eletroforético, à força do campo opõe-se a resistência do meio, produzindo, quando se igualam, uma velocidade constante das partículas.

É uma técnica que pode ser usada para análise de proteínas. As proteínas são moléculas anfotéricas, cuja carga é determinada pelo pH do meio onde estão suspensas. Numa solução com pH acima do ponto isoelétrico, a proteína negativamente carregada migra para o ânodo do campo elétrico. Abaixo do ponto isoelétrico, a proteína é positivamente carregada e migra para o cátodo. Há diversos tipos de eletroforese como:

· Eletroforese livre (frente móvel)

· Eletroforese de zona

· Eletroforese em papel

· Eletroforese em acetato de celulose

· Eletroforese em gel (SDS-PAGE)

· Focagem isoelétrica

· Eletroforese bidimensional



Ânodo, ou anodo é o pólo positivo de uma fonte eletrolítica, no caso da eletrólise, é o eletrodo para onde se dirigem os ânions, no caso das válvulas termiônicas, ou válvulas eletrônicas, o ânodo é chamado de placa, é o eletrodo para onde se dirigem os elétrons acelerados termicamente pelo cátodo, eletrodo negativo, aquecido pelo filamento. 
Esquema de uma eletroforese


Eletroforese em gel é uma técnica de separação de moléculas que envolve a migração de partículas em um determinado gel durante a aplicação de uma diferença de potencial. As moléculas são separadas de acordo com o seu tamanho, pois as de menor massa irão migrar mais rapidamente que as de maior massa. Em alguns casos, o formato da moléculas também influi, pois algumas terão maior facilidade para migrar pelo gel.

A eletroforese normalmente é utilizada para separar proteínas e moléculas de DNA e RNA.
Aspecto real do resultado de uma eletroforese

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...