Ampliação do teste do pezinho


A partir de hoje,  o teste do pezinho passa a detectar duas novas doenças: hiperplasia adrenal congênita e a deficiência de biotinidase.

O teste continuará a identificar o hipotireodismo congênito,  a fibrose cística, a fenilcetonuria e a doença falciforme.

No caso da hiperplasia adrenal congênita,  80% das crianças morrem nas duas primeiras semanas de vida por um quadro agudo de desidratação.

Já a deficiência de biotinidase leva à degeneração do sistema neurológico,  com a ocorrência de convulsões e o consequente atraso no desenvolvimento psicomotor e intelectual.

Não haverá alteração no processo de coleta do exame.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...